4 passos para economizar papel nas escolas

Economizar papel
3 minutos para ler

A sustentabilidade é uma preocupação de qualquer gestor. Justamente por isso, o investimento em estratégias que permitam economizar papel nas escolas tem ganhado popularidade. Afinal, isso permite cortar gastos e melhorar a imagem da instituição de ensino.

Mas como conseguir reduzir o uso de materiais impressos e, ao mesmo tempo, manter as operações com bom nível de qualidade? Confira as 4 dicas que preparamos, a seguir!

1. Sempre opte por documentos digitalizados

A digitalização de documentos é uma ótima forma de melhorar o uso de papel nas escolas e nas universidades. Contratos, relatórios e outras informações podem ser compartilhadas apenas digitalmente. Desse modo, haverá uma necessidade muito menor de imprimir cópias de informações corporativas.

Os contratos, por exemplo, podem ser digitalizados com o apoio de certificados digitais. Desse modo, eles podem manter a sua validade judicial sem que exista a necessidade de certificar as assinaturas em cartório. Ou seja, a empresa reduzirá custos ao diminuir o uso de papel e terá rotinas menos burocráticas.

2. Reutilize papéis

A reutilização de papéis pode auxiliar na busca por um fluxo de trabalho mais sustentável e eficaz. Ela pode ser implantada em todos os setores a partir de rotinas simples, como o uso de papel para rascunho. Essa medida precisa ser estimulada em toda a cadeia de produção.

3. Registre os dados de alunos digitalmente

O uso de sistemas de gestão também é uma ótima forma de economizar papel nas escolas. Essa aplicação funcionará como um hub de dados de cada aluno, centralizando o seu acesso e diminuindo a necessidade de fichas de cadastro serem impressas.

O sistema de gestão também torna os times mais ágeis e integrados. Afinal, compartilhar dados sobre os alunos será algo mais seguro e fácil. Ao mesmo tempo, o risco de alguém trabalhar com uma informação desatualizada será muito menor.

4. Utilize a tecnologia em seu favor

A tecnologia, como apontamos, é uma das melhores estratégias para reduzir os gastos com papel. Por isso, investimentos na área devem ser disseminados. Assim, a instituição de ensino consegue melhorar a troca de informações sem o apoio de papel impresso.

Na gestão de avaliações, por exemplo, softwares de leitura de gabarito podem ser empregados. Eles facilitam a integração de um sistema de avaliações no dia a dia da instituição. Além disso, tornam a digitalização de algo mais prático, assim como o seu posterior compartilhamento.

Ter um fluxo de trabalho econômico e sustentável deve ser uma preocupação de todo profissional. Afinal, diminuir os gastos e o uso de materiais impressos impulsiona os lucros e o posicionamento do negócio no mercado. Além disso, é uma forma de incentivar o uso de novas tecnologias e de processos mais integrados digitalmente.

Por isso, sempre busque meios que permitam os profissionais economizarem papel nas escolas. Os gastos cairão e a equipe terá mais motivação para utilizar a tecnologia. Consequentemente, os fluxos de trabalho serão mais eficazes e colaborativos, gerando inovação e qualidade para o seu dia a dia.

Gostou das nossas dicas? Então, compartilhe o texto com outras pessoas nas suas redes sociais, para que elas possam manter um dia a dia mais sustentável também!

Acompanhe nossas Redes Sociais! Instagram / Facebook

Você também pode gostar

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.